top of page

rebentos – prosa



Benjamin West ©️



rebentos



da pecaminosa fruta maçã mordida, 

Eva fendida ferida costela de Adão

eram Caim e Abel os joguetes do divino 

que pela oferenda desejou Deus derramar 

o sangue animal.


o Olho vê

a cesta a mãos trançada e limpa

a fruta ao lado de seus pés onipresentes

pisoteada colheita do homem

irmão do merecedor.


segue a mirada divina

em torneio de oferta morada

escolhe entre ossos e músculos

o que há de alimentar

seu desejo celestial.


quem vence é quem mata

ajoelha-se soberano sobre os mortos

expõe quadrúpedes nervos e fissuras

para agradar o Deus-pai

nosso Senhor.


a amostra da carne fraterna

Deus assim deseja provocar

dos céus a ira, a revolta

e fazer do punho irmão em campo

a queda do vencedor.


homem que a terra lavra

o primogênito posto amaldiçoado

errante pelo mundo Oriente

que a face esconde, d’Ele

recebe o sinal.


de sua morte, sete vezes será castigado

setenta vezes sete quem seu sangue jorrar.


pai

mãe

marido mulher

filhos e filhas — descendentes.


assim, múltiplos semelhantes da face criadora

inseridos no mundo os rebentos 

repetem histórias

sob a obscuridade de Deus.





almoço



um domingo

eram os anos noventa

depois de repousados os talheres em

mesa estraçalhada pelos familiares

ali, por um tempo, feito paisagem para

estudo de pintura e sua natureza-morta

os copos bebidos os restos de alimentos

o doce resistindo na boca

a tevê ligada, futebol

senta-se a mulher, mãe minha

no colo de sua progenitora

a dona da casa, minha avó

com vestido florido na carne farta

posta no sofá para acolhimento

olho eu menina de pé

a cena com estranheza

era perceptível, o contragosto

a vontade de sentar-se também

em pernas daquela que me pariu

então, a menção movida

a negação daquelas mulheres:

não, hoje você não

hoje sou eu quem será a filha.





carolina hidalgo castelani é de São Paulo, capital, nascida em 1984. Escritora, psicanalista e preparadora de texto, tem na linguagem sua maior ferramenta de trabalho.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Коментарі


Post: Blog2_Post
bottom of page